| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Conexão Ciência
Desde: 15/04/2004      Publicadas: 835      Atualização: 20/11/2011

Capa |  Agenda  |  Editorial  |  Entrevista  |  Estante  |  Expediente  |  Notas  |  Notícias  |  Reportagem  |  Reportagem Especial  |  Reportagem Especial


 Entrevista

  25/05/2008
  0 comentário(s)


Quem são os estudantes da UEL?

Perfil dos estudantes da UEL e a assistência estudantil são base de pesquisa

Quem são os estudantes da UEL?
Pauta e Edição: Beatriz Assumpção
Reportagem: Ráisa Guerra


No período compreendido entre 2004 e 2006, foi realizado no campus da UEL uma pesquisa com o objetivo de conhecer as condições sociais, econômicas e culturais dos estudantes. Ela teve como instrumento de coleta de dados o questionário aplicado em uma amostra de 3% dos alunos de graduação. O projeto "Perfil sócio, econômico e cultural dos estudantes da UEL - Indicadores para implantação de uma política de assistência estudantil" foi coordenado pela professora Jolinda de Moraes Alves, graduada em Serviço Social pela UEL e doutora em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. A pesquisa também contou com a colaboração da professora Betty Elmer Finatti, Assistente Social e Mestranda em Serviço Social e Política Social pela UEL e do professor Ricardo de Jesus Silveira, graduado em Sociologia pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo e doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo. O estudo visou dimensionar os níveis de carências da universidade em relação ao aluno e afirmar a necessidade da implantação de uma política de assistência estudantil, inserida na Política de Educação e concebida como direito do estudante. O Conexão Ciência conversou com dois dos responsáveis pela pesquisa.

Conexão Ciência: De que forma surgiu a idéia da realização desse projeto de pesquisa?
Profª Drª Jolinda Alves:
Essa pesquisa foi uma necessidade demandada em um cargo que eu e a professora Betty ocupávamos na direção administrativa da UEL, no Serviço de Bem Estar a Comunidade (SEBEC), que atende funcionários e alunos. Referente aos alunos, o SEBEC trabalha no serviço de assistência estudantil, que é a questão do Restaurante Universitário, da moradia estudantil e de como os alunos conseguem se manter durante o tempo em que eles estão aqui na universidade. Então precisávamos conhecer quais eram para, assim, propor um plano de atenção integral às necessidades do estudante universitário.

ConCiência: Como foi o desenvolvimento do projeto?
Jolinda Alves:
A pesquisa foi amostral e pegou todos os cursos e todos os turnos. Ela recebia recursos da UEL. O SEBEC financiou a pesquisa, mas houve um envolvimento de toda a universidade, de toda e estrutura administrativa, era um projeto interessante. Foi difícil, porque não tínhamos muitos recursos, mas fomos percebendo que o pessoal foi se envolvendo e conseguimos chegar a resultados.

ConCiência: De que maneira era constituído o questionário utilizado na obtenção dos dados para a pesquisa?
Jolinda Alves:
Ele envolvia a realidade do estudante, com questões como a forma que ele ingressou na universidade, que meios de transporte ele utiliza para ir todos os dias estudar, sua alimentação, sobre tudo que é feito na UEL e se ele está satisfeito com a qualidade e a quantidade de serviços que a universidade oferece. Entendendo sempre que a assistência estudantil não se trata de assistência social. É completamente diferente: Assistência estudantil é um direito do estudante universitário, logo, é um serviço feito dentro da política de educação.
Betty Finatti: E o questionário era composto de 120 perguntas, sendo que 115 foram objetivas e 5 subjetivas. Foi feito leitura óptica dos dados que foram objetivos e os outros 5 foram manualmente tabulados pelos estagiários participantes da pesquisa.

ConCiência: Qual foi o resultado da quantidade e qualidade de alguns dos serviços de assistência estudantil prestados pela UEL?
Betty Finatti:
Em relação ao Restaurante Universitário nós tivemos como resultado que 48% das pessoas entrevistadas disseram usar o restaurante eventualmente, 75,5% dos questionados consideravam o restaurante higiênico. O atendimento que os funcionários dedicam aos usuários do RU foi considerado satisfatório por 72% das respostas e 81% consideraram a comida bem feita. Em relação às bibliotecas da UEL, 72% de estudantes consultados responderam que os funcionários atendem bem. Sobre a facilidade de emprestar livros, 70% responderam que sim, há facilidade nesse processo. Na questão sobre a freqüência em que os livros procurados são encontrados, 72% disseram que encontram regularmente o que procuram. É representativo também, em frente aos outros dados, que 17,7 % afirmaram sempre encontrarem o que procuram. As perguntas feitas para a obtenção desses dados e de outros relacionados a serviços prestados na UEL, foram feitas pelos profissionais de cada órgão. Nós perguntamos aos funcionários o que eles gostariam de saber a respeito do seu serviço. Não foi apenas uma inferência dos pesquisadores.

ConCiência: Há planos para outra pesquisa que dê continuidade a essa?
Betty Finatti:
A proposta do projeto de pesquisa é que o mesmo fosse, pelo menos a cada dois anos, realimentada. Que se fizesse um banco de dados na instituição, no caso a UEL, através, talvez, da Pró-reitoria de planejamento, e que essa Pró-reitoria, então, fosse alimentando essa pesquisa para que sempre tivéssemos dados bastante atuais. Assim, em qualquer outro projeto em que estes dados fossem importantes, eles estariam disponibilizados para toda a categoria discente e docente. Projetos de pesquisa de extensão, de ensino, ou propostas de atuação da administração da UEL.



  Mais notícias da seção Educação no caderno Entrevista
07/06/2008 - Educação - Projeto da UEL avalia os efeitos da globalização no cotidiano escolar
Conheça os rumos da educação e como os professores devem se adaptar ao processo da globalização em níveis regionais, nacionais e internacionais...
05/04/2008 - Educação - Os rumos da pós-graduação no Brasil
Coordenador da Área de Ciências Sociais Aplicadas da CAPES comenta as condições da pós-graduação nacional e a importância do mestrado em comunicação da UEL...
12/11/2007 - Educação - Os novos paradigmas da educação
A escola se torna um espaço de compartilhamento, onde a opinião de alunos, da comunidade e dos professores são ouvidas...
21/04/2007 - Educação - Formação de Educadores Sexuais: adiar não é mais possível
Livro mostra a importância da formação do educador sexual no processo educacional...



Capa |  Agenda  |  Editorial  |  Entrevista  |  Estante  |  Expediente  |  Notas  |  Notícias  |  Reportagem  |  Reportagem Especial  |  Reportagem Especial
Busca em

  
835 Notícias


Notícias
 

Projetos

 

Projeto do Departamento de Design reúne moda, sustentabilidade e inclusão social


Notas
 

Divulgação Científica

 

Instituto do Câncer lança programa de prevenção no Twitter


Agenda
 

Agenda

 

Agenda


Editorial
 

Editorial

 

Casa Própria, Pedagogia e Anestésicos


Expediente
 

Expediente

 

Quem trabalha no Conexão Ciência