| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Conexão Ciência
Desde: 15/04/2004      Publicadas: 835      Atualização: 20/11/2011

Capa |  Agenda  |  Editorial  |  Entrevista  |  Estante  |  Expediente  |  Notas  |  Notícias  |  Reportagem  |  Reportagem Especial  |  Reportagem Especial


 Estante

  12/11/2007
  0 comentário(s)


Mulheres em foco

Projeto do Governo intensifica os cuidados à saúde reprodutiva das brasileiras

Mulheres em foco
Pauta e Reportagem: Ráisa Guerra
Edição: Larissa Ayumi Sato


O planejamento familiar seria, de acordo com o Ministério da Saúde, o acesso às informações e aos métodos e técnicas conceptivos e anticonceptivos às mulheres, para que, desta maneira, pudessem escolher a quantidade de filhos que desejam ter e o tempo entre eles, evitando assim gestações indesejadas, diminuindo o número de gestações de alto risco, abortos inseguros e, conseqüentemente, reduzindo a mortalidade materna e infantil.

De acordo com a professora Marta Lúcia de Oliveira Carvalho, enfermeira formada pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP), qualquer um pode solicitar essa assistência. Em Londrina, a Rede de Atenção Básica já existe há 20 anos. É só ir ao posto de saúde e requerer o apoio necessário para a constituição de sua família.

Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (WHO 2004), de cada cinco gestações, duas resultam da não utilização de anticoncepcionais ou do uso inadequado ou da falha dos mesmos. A camisinha (feminina ou masculina), pílulas anticoncepcionais, o Dispositivo Intra Uterino (DIU), etc., são alguns dos métodos oferecidos gratuitamente em postos de saúde. "Todas as unidades de saúde hoje oferecem, talvez com alguma descontinuidade, mas, pelo menos, a camisinha e as pílulas estão com as ofertas bem maiores. Há alguns tempos atrás isso não existia. Hoje você tem a distribuição gratuita e a Farmácia Popular do Ministério da Saúde, em que o governo subsidia alguns medicamentos, pois, caso a pessoa precise comprar, ela irá comprar por um preço bem mais barato", completa Marta Lúcia de Oliveira.

O planejamento está ligado, também, à questão do adolescente. Existe mais uma proposta para ajudar nessa causa, iniciativa da Secretaria de Educação, que propõe a distribuição de preservativos pela própria escola e inclusão de atividades educativas sobre isso. Dados obtidos em postos de saúde da rede pública de Londrina mostram que a faixa etária entre a pré-adolescência e os 16 ou 17 anos é aquela em que a mulher não tem muito contato com o posto e, normalmente, quando volta é para fazer o pré-natal. Por isso há a necessidade de um projeto para conscientização nas escolas.

E, ainda de acordo com a professora Marta Lúcia Carvalho, na gravidez na adolescência, outro problema a ser combatido seria psico-social, pois o atraso na escolarização (quando a não interrupção por completo) projeta uma mulher despreparada para o mercado de trabalho, o que demonstra a necessidade desse planejamento nas escolas algo fundamental, além da necessidade de proteção contra as chamadas DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis), que não deixa de ser uma realidade visível a todos.

Ano 4 - Edição 27 - 11nov2007



  Mais notícias da seção Saúde no caderno Estante
10/08/2008 - Saúde - Locomoção infantil é tema de projeto de pesquisa
Professora da UEL impulsiona pesquisas na área de desenvolvimento motor em crianças com síndrome de down...
05/05/2008 - Saúde - Infecção hospitalar é estudada no Hospital Veterinário
Pesquisa leva a melhora no tratamento de infecções em animais domésticos....
19/04/2008 - Saúde - Musculação Infantil: hábito saudável ou perigo para a saúde?
Os efeitos da musculação em crianças e pré-adolescentes podem ser favoráveis ao desenvolvimento infantil...
19/04/2008 - Saúde - Campanha cadastra doadores de medula
Peça conscientiza universitários e consegue 285 novos possíveis doadores de medula óssea ...
29/03/2008 - Saúde - Londrina é pioneira na luta contra a toxoplasmose congênita
Programa que trabalha o controle e prevenção da doença é testado e validado em Londrina...
29/03/2008 - Saúde - Hepatite C: uma doença silenciosa
O tipo mais grave da hepatite aflige milhares de pessoas...
14/10/2007 - Saúde - Qualidade de vida
Projetos em Londrina auxiliam na manutenção da saúde do idoso...
14/10/2007 - Saúde - Idosos vão à luta em Londrina
O karatê é muito mais que uma arte marcial. Pelo menos é assim para 120 idosos, que encontram na prática do exercício um modo de manter o corpo e a mente saudáveis...



Capa |  Agenda  |  Editorial  |  Entrevista  |  Estante  |  Expediente  |  Notas  |  Notícias  |  Reportagem  |  Reportagem Especial  |  Reportagem Especial
Busca em

  
835 Notícias