| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Conexão Ciência
Desde: 15/04/2004      Publicadas: 835      Atualização: 20/11/2011

Capa |  Agenda  |  Editorial  |  Entrevista  |  Estante  |  Expediente  |  Notas  |  Notícias  |  Reportagem  |  Reportagem Especial  |  Reportagem Especial


 Notícias

  07/06/2008
  1 comentário(s)


A teledramaturgia como processo auxiliar da literatura

Projeto acadêmico ensina produção textual por meio de análises de novela

A teledramaturgia como processo auxiliar da literaturaPauta e Edição: Vitor Oshiro
Reportagem:Marcos da Mata


Criatividade e efetividade foram os objetivos para a proposta de ensino da professora Loredana Limoli, graduada em Letras pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Ciências da Linguagem pela Universidade de Toulouse Lê Mirail doutora em Lingüística pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e pós-doutora em Letras pela Universidade de São Paulo (USP). Como atual docente de pós-graduação da Universidade de Londrina (UEL), a doutora implantou a estratégia que se resume em chamar a atenção dos alunos para a leitura e produção textual à partir de algo mais presente no cotidiano popular do que as obras de autores como Guimarães Rosa: as novelas.

"O projeto partiu da idéia de que alunos, crianças e adolescentes, têm uma grande dificuldade de produção e compreensão de texto verbal, mas se interessam muito por televisão, videogames, internet, ou seja, coisas que tenham apelo visual", explica a doutora, que admite que competir com esses atrativos populares não é a melhor saída. "Discutimos as novelas em sala de aula para que o aluno acabe se interessando também pela literatura".

Para Loredana Limoli, a estratégia só é viável devido ao fato de as novelas serem produtos de produção literária, como toda composição narrativa. A professora também atenta para o fato de que, apesar das novelas não serem consideradas material de boa qualidade pelos profissionais de literatura, elas não devem ser totalmente desvalorizadas. "As novelas muitas vezes possuem similaridades com o que é considerado boa literatura". A vantagem, diz a professora, é que as novelas tratam de assuntos atuais e são parte do dia-a-dia dos alunos. "Eles lêem sobre ela no jornal, conversam sobre os capítulos que viram, algo que não acontece com, por exemplo, Os Sertões ou Machado de Assis".

O primeiro passo, ela explica, é desmontar a composição literária das novelas, analisando individualmente elementos como diálogos, fotografia, direção, enredo e composição dos personagens. "Algo para o qual chamamos a atenção é a quantidade de redundância que as novelas têm, a fim de alcançar o maior público possível. Quando um personagem é um açougueiro, ele vai ter um avental sujo de sangue, a faca na mão, ficar o tempo todo dentro de um açougue. Já a literatura procura abolir a redundância". Exemplos como esse, diz ela, são formas de ensinar para o aluno o que a novela faz de certo e o que faz de errado em termos literários.

Outro fator analisado nas aulas que também demarca a distinção entre as novelas e o texto verbal é a coerência interna que todo texto verbal precisa ter, mas que as novelas nem sempre têm, pois sua longa duração não permite que o espectador se dê conta de que o que foi falado em uma cena contradiz o que foi dito no passado. "Numa obra literária, a contradição não é viável, a não ser que seja por uma questão de estilo. Nas novelas isso é permitido".

A novela escolhida para análise foi Belíssima (2005-2006), produzida pela Rede Globo e escrita por Sílvio de Abreu. A escolha dessa novela mostra que não é preciso que seja fruto de uma adaptação literária para desempenhar este papel educativo, podendo ser uma obra escrita e roteirizada apenas para a teledramaturgia. Loredana Limoli também explica que a escolha se deu por ser a novela estreante na época da implantação do projeto e que, apesar de nunca ter sido grande admiradora desse gênero de programa, surpreendeu-se. "Vi muita qualidade nos diálogos. Em alguns momentos, eram realmente divertidos e me fizeram rir muito, o que é difícil".

Entre os fatores analisados, além do texto em si, está a parte técnica da produção, e como a história é comunicada visualmente. A doutora diz que a linguagem visual não é sempre conscientemente assimilada pelo público, mas que possui tantas possibilidades de interpretação subjetiva quanto o texto verbal.

Para desenvolver seu projeto, Loredana Limoli aprofundou-se na teoria semiótica francesa, chamada também de teoria Greimasiana (devido ao nome do seu criador, Algirdas Julien Greimas). Segundo ela, a teoria concentra-se na análise dos signos da linguagem, ou seja, nos modos que o sentido de uma mensagem é transmitido pelo enunciador e que espécie de nuances e complexidades ele ganha nesse processo. Basicamente, é a leitura dos níveis mais internos da mensagem, seja em linguagem verbal ou visual.

Dalva Mansano, professora de língua portuguesa do ensino fundamental no sistema público, admite a criatividade do projeto e sua funcionalidade. "Achei a idéia desse projeto viável, sim. Penso que, realmente, pode atrair a atenção dos alunos por ser uma realidade mais próxima deles. Eu os ouço comentando fatos das novelas em sala. Eles têm uma preguiça enorme de ler, querem tudo "mastigadinho" hoje. Portanto, acho essa uma estratégia muito boa".

O projeto, por ser de pesquisa, foi desenvolvido nas dependências da UEL, mas a proposta aplica-se a educadores de qualquer sistema de ensino, tanto público quanto privado. Ana Paula de Mendonça, uma das participantes do projeto, fez da pesquisa sua dissertação de mestrado pela UEL, defendida recentemente, em maio de 2008. Atualmente, a doutora Loredana Limoli continua aperfeiçoando a estratégia de ensino para seus alunos da Universidade, e já vê na estréia da nova novela (A Favorita) uma possibilidade de dar continuidade às pesquisas.

Crédito da foto: www.quitandinha.com

Ano 5 - Edição 41 -07/06/2008



  Mais notícias da seção Projetos no caderno Notícias
22/05/2011 - Projetos - Projeto do Departamento de Design reúne moda, sustentabilidade e inclusão social
Oficina de moda, que em 2011 terá sua 2ª edição, reaproveita resíduos que gerariam impacto ecológico e auxilia participantes socioeconomicamente...
18/10/2010 - Projetos - Pesquisa propõe novos métodos de ensino da educação física nas escolas
Projeto do Departamento de Estudo do Movimento Humano da UEL procura novas maneiras para lecionar a disciplina de educação física nas escolas...
09/08/2010 - Projetos - Cafeína melhora desempenho de ciclistas
Pesquisa do Centro de Educação Física e Esporte da UEL analisa efeitos da substância em ciclistas ...
20/06/2010 - Projetos - Funk e suas transformações sob uma análise histórica
Projeto do departamento de História da UEL analisa historicamente o funk, suas características e a forma como é visto no Brasil...
20/06/2010 - Projetos - Uma vida melhor por meio do Esporte
Parceria entre o Centro de Educação Física e Esporte da UEL e o Hospital Universitário faz diferença na vida de pessoas vítimas de paraplegia por lesão medular...
28/03/2010 - Projetos - Ginástica como parte do currículo escolar
Estudo busca organizar os conteúdos da ginástica, para que essa possa ser conhecida pelos alunos da educação básica...
18/05/2008 - Projetos - Métodos de educar filhos cegos é tema de projeto da UEL
Saiba as maneiras mais eficientes de educar e sociabilizar filhos portadores de deficiência visual...
26/04/2008 - Projetos - Pesquisa tenta diminuir os efeitos nocivos do chorume
Tudo o que utilizamos em nossas casas contribui à formação de um líquido viscoso altamente poluente...
05/04/2008 - Projetos - Estudos mostram a importância do Calçadão para Londrina
Cartão-postal da cidade é objeto de estudo de projeto de pesquisa do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da UEL...
27/08/2007 - Projetos - Programa Casa Fácil é laboratório para universitários
Situações práticas são vivenciadas por estudantes de engenharia e de arquitetura e urbanismo num programa que atende população de baixa renda de Londrina ...
01/07/2007 - Projetos - O corpo humano em 3 Dimensões
Software desenvolvido na UEL busca aperfeiçoamento para facilitar o estudo do aparelho locomotor humano...



Capa |  Agenda  |  Editorial  |  Entrevista  |  Estante  |  Expediente  |  Notas  |  Notícias  |  Reportagem  |  Reportagem Especial  |  Reportagem Especial
Busca em

  
835 Notícias


Editorial
 

Editorial

 

Casa Própria, Pedagogia e Anestésicos


Reportagem
 

Projetos

 

Docente apresenta meios alternativos para solucionar conflitos judiciários


Entrevista
 

Saúde

 

Conheça as vantagens e desvantagens do parto normal e da cesárea


Notas
 

Divulgação Científica

 

Instituto do Câncer lança programa de prevenção no Twitter


Agenda
 

Agenda

 

Agenda


Expediente
 

Expediente

 

Quem trabalha no Conexão Ciência